Segunda-feira

Marocas se surpreende ao ver Dom Sabino trabalhando na padaria. Betina avisa a Zelda que comprou a Zelda Larocque e que é sua sócia. Zelda e Betina são presas por exploração de trabalho escravo. Samuca avisa a Vanda que as ações da SamVita estão despencando. Mariacarla comemora com Amadeu o sucesso do plano. Samuca lamenta com Vanda a situação da empresa.

Terça-feira

Samuca diz para Vanda que a SamVita não pode abandonar Betina. Marocas se emociona com o discurso de Samuca para seus funcionários, mas discute com o ex-noivo sobre Betina. Vanda vai à delegacia como advogada de Betina e se surpreende ao ver Mariacarla como representante da executiva. Carmen diz a Samuca que alguém armou para Betina. Samuca conta para Carmen que Amadeu comprou a Criotec.

Quarta-feira

Vanda confirma a Carmen que Samuca será destituído da presidência da SamVita. Mariacarla afirma que o plano de Amadeu contra Samuca deu certo. Samuca comunica aos funcionários o seu afastamento. Amadeu manda Mariacarla organizar uma expedição à Patagônia para resgatar a apólice de seguros de Dom Sabino. Barão paga a fiança de Zelda, e Teófilo promete protegê-la.

Quinta-feira

Damásia diz a Marocas que está preocupada com a reação de Agustina quando souber que a filha está em um cortiço. Zelda aproveita que Kiki e Nico estão dormindo e rouba dois croquis de Marocas. Dom Sabino se assusta ao ver Cairu dormindo no banco da praça. Cecílio fica perplexo quando escuta Cairu mencionar a Dom Sabino que é filho do ex-patrão.

Sexta-feira

Marciana comenta com Marocas que Betina tem ido à casa de Samuca. Betina orienta Zelda a guardar os croquis de Marocas. Mrs. Calahans não aceita matricular Omar na escola. Samuca se recusa a fazer uma aliança com Betina. Emílio e Carmen se candidatam à presidência da Samvita. Amadeu avisa a Dom Sabino que a equipe de resgate chegou à Patagônia. Samuca propõe a Marocas retomar sociedade na Miudeza.

Sábado

Agustina diz a Dom Sabino que não confia em Amadeu e Mariacarla. Betina tenta convencer Samuca e Marocas a se aliarem a ela. Samuca diz a Betina que a decisão será de Marocas. Waleska avisa a Coronela que o julgamento foi marcado. Emílio se sente pressionado quando Samuca, Marocas, Carmen e Betina exigem a marca da Miudeza e as patentes criadas pela filha de Dom Sabino.