Foz do Iguaçu – O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, participou nessa sexta-feira (6) da entrega dos conjuntos habitacionais Boicy I e II, na região de Três Lagoas, em Foz do Iguaçu. As 576 moradias são destinadas a famílias de baixa renda, cadastradas e sorteadas pelo Fozhabita (Instituto de Habitação de Foz do Iguaçu).

Durante o evento, o ministro reconheceu o avanço da política habitacional em Foz do Iguaçu e reafirmou o compromisso do governo federal em oferecer moradias dignas à população. “Foz do Iguaçu é uma das maiores referências do turismo nacional e internacional pelos seus atrativos e a forma como recebe as pessoas, o que dignifica o País, e o Paraná, em especial. É uma cidade que está sendo bem administrada pelo prefeito Chico Brasileiro e o governo federal reafirma o compromisso com a política habitacional. Sabemos que existe um déficit habitacional que precisa ser combatido, e nós estamos trabalhando para isso”, disse o ministro.

Marinho destacou ainda a qualidade das obras e a infraestrutura dos empreendimentos, que contam com área de lazer, salão de festa e quiosques com churrasqueiras: “Esse residencial é o exemplo de uma obra bem feita, demonstrando respeito à população. Esperamos que essas famílias possam resgatar sua cidadania e ter sua dignidade preservada”.

Juntos, os residenciais Boicy I e II receberam investimentos de R$ 46 milhões com recursos federais e contrapartidas. Os empreendimentos possuem 36 blocos, com 16 apartamentos cada, e contam com infraestrutura completa, como água, esgoto, iluminação pública, energia elétrica, pavimentação e drenagem. Cada unidade habitacional possui 48 metros quadrados e conta com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

 

Mais moradias

Segundo o prefeito Chico Brasileiro, a entrega dos apartamentos é mais uma grande conquista para centenas de famílias, que terão agora uma nova oportunidade de vida. “Somadas às moradias do Residencial Angatuba [entregue no ano passado], são quase mil famílias beneficiadas. É uma conquista para essas famílias, que sempre viveram em grandes dificuldades, em áreas irregulares ou insalubres, e agora passam a ter um lar bem estruturado, com segurança e condições sanitárias. Isso representa dignidade e, por isso, agradecemos ao ministro por esse olhar especial ao Município”.

Brasileiro também reafirmou o compromisso do Município em firmar novas parcerias para ampliar a oferta de moradias. “Foz do Iguaçu vai se habilitar a novos projetos, em conjunto com o governo federal e a Cohapar, através do governo do Estado, para que possamos atender cada vez mais famílias, garantindo mais qualidade de vida e dignidade à população”.

Em setembro do ano passado, foram inauguradas 340 unidades habitacionais no Conjunto Residencial Angatuba, na mesma região de Três Lagoas. Em parceria com a Itaipu e o Governo do Estado, também foram entregues 25 casas na Vila C, em fevereiro deste ano. Nos próximos meses, está prevista a entrega do Condomínio do Idoso, com 40 casas, espaços de lazer e convivência. Ao todo, são 981 novas moradias em Foz do Iguaçu desde 2020.

Foto: CHRISTIN RIZZI