A Macrorregional Oeste, que abrange sete regionais de saúde, ativou 14 leitos de UTI em dez dias e, mesmo assim, mantém a taxa de ocupação em 97,8%. Nesta quarta-feira, há apenas oito UTIs “disponíveis” em toda a rede, que atende 2 milhões de habitantes.

Em 10 de junho, havia 343 UTIs exclusivas para tratar covid-19 e, ontem, já eram 357. Mesmo assim, 349 estavam ocupadas e 82 pacientes aguardando transferência para UTI. Ou seja, dez pessoas para cada leito “vago”.

Duas regionais estão com 100% de ocupação: a 7ª, de Pato Branco, onde há 34 UTIs; e a 20ª Regional, de Toledo, onde há 72 UTIs.

A 8ª Regional de Saúde de Francisco Beltrão registra 95% de taxa de ocupação – há 2 UTis vagas, das 41 contratadas; a 9ª Regional de Foz do Iguaçu, tem 96% de ocupação, com 4 UTIs vagas em Missal, das 95 contratadas; e a 10ª Regional de Cascavel tem 98% de taxa de ocupação, com 2 UTIs “vagas” das 125 exclusivas para tratar covid-19.

A situação dos leitos clínicos é um pouco mais tranquila. Com ocupação de 62%, há 163 leitos disponíveis. São 429 no total e 35 pessoas na fila para transferência.

mapa ocupacao leitos COVID diario 23.06.2021 09h20