O curso de Medicina do Centro Universitário FAG passa a integrar um seleto grupo: tornou-se um dos 33 melhores cursos do País, de acordo com o MEC (Ministério da Educação e Cultura). A marca foi conquistada após a visita de renovação de reconhecimento realizada por uma comissão de avaliadores especialistas no mês passado. A nota foi divulgada na semana passada, e o conceito atribuído ao curso foi 5 – conceito máximo, que significa excelência. No Paraná, o curso de Medicina da FAG é o segundo a obter a nota.

A comissão avaliou três eixos: projeto didático pedagógico (4,72), corpo docente (4,33) e infraestrutura (4,53). A análise tem como objetivo avaliar as condições dos cursos de Medicina do país, atribuindo nota de 0 a 5. "O MEC, por meio da comissão e avaliação, realizou verificação in loco de mais de 80 itens e, com esse conceito, posiciona o curso entre o melhores do país, premiando um projeto de alto nível, arrojado, audacioso de formação de médicos com estrutura de excelência e com os melhores professores do Sul do País", destaca o pró-reitor Acadêmico, Afonso Cavalheiro Neto.

O curso completou dez anos em 2018 e está formando a sexta turma. "Estou extremamente feliz! Um grande presente para nossa primeira década de história. Atribuo o resultado ao corpo docente, alunos, mantenedora, colaboradores em geral. Foi um trabalho em grupo para que pudéssemos demonstrar à comissão o quanto o curso cresceu", complementa o coordenador do curso, doutor Rui Almeida. "Nossos alunos depositaram confiança na FAG no momento em que a escolheram como sua instituição de ensino. E, como retribuição, nós nos orgulhamos de lhes oferecer um ensino de excelência e uma estrutura ao mesmo nível. A avaliação do curso de Medicina com nota 5, isso é, com nota máxima, é a tradução do trabalho e esforço de uma equipe multifuncional, que é dedicada em formar profissionais capacitados, a qual nós chamamos de ‘família FAG’. Agradeço e, mais do que isso, atribuo este resultado à nossa Coordenação, aos funcionários, ao corpo docente, à equipe do Hospital São Lucas, assim como a todos aqueles que, de alguma forma, estiveram no envolvidos nesta causa e que por ela torceram! Parabéns para nós!", define a Pró-Reitora Administrativa, Jaqueline Gurgacz Ferreira.

Adriana Fernandes é acadêmica do 10º período do curso e se orgulha da marca alcançada. "Para nós, é muito gratificante ter a nota máxima, que mostra todo o esforço dos nossos professores, da equipe profissional que está envolvida – doutores, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos -, mostrando todo o sucesso dessa equipe multidisciplinar que nos auxilia, que nos ajuda em todas as etapas da formação. Vi um grande crescimento desde que eu entrei na FAG! Temos os melhores equipamentos à nossa disposição. A Jaqueline Gurgacz (Pró-reitora Administrativa) e todos da FAG sempre estiveram a postos para nos auxiliar. A FAG oferece a melhor forma de praticar Medicina e isso explica a nota máxima do MEC que é o resultado de toda uma equipe envolvida", elogia.