Curitiba – Pais, responsáveis e estudantes que não efetuaram a rematrícula no ano passado, ou que desejam ingressar na rede estadual de ensino em 2022, podem procurar diretamente as instituições de ensino para garantir a vaga e não perder o início do ano letivo, que começa em 7 de fevereiro.

As secretarias dos colégios estaduais estão abertas. Para alunos que já eram da rede, o pai, responsável ou o próprio estudante (quando maior de 18 anos) precisa comparecer à instituição de ensino onde o aluno estava matriculado em 2021, informar a intenção de permanecer na escola, entregar a documentação obrigatória e assinar o formulário de renovação de matrícula.

Já para estudantes de outras redes de ensino, particulares, de outros estados ou países, os responsáveis legais devem procurar a instituição de ensino mais próxima da residência para solicitar a vaga, e assim incluir o estudante no Cadastro de Espera de Vaga Escolar.

Caso não haja vaga na instituição de ensino de preferência, o estudante será informado das opções disponíveis e ficará na lista de espera mesmo depois de estar matriculado e frequentando outra instituição de ensino, podendo ser chamado assim que a vaga estiver livre.

 

EJA E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Para quem deseja uma vaga na EJA (Educação de Jovens e Adultos) o processo é o mesmo do ensino regular, com a diferença de que é necessário procurar diretamente as instituições que ofertam a modalidade. Tem direito ao EJA quem tiver 15 anos completos para o ensino fundamental e 18 anos completos para o ensino médio.

Já para a modalidade da Educação Profissional e Técnica, ainda há vagas em parte das instituições, mas preciso conferir se o curso na instituição desejada ainda possui vagas disponíveis.