Publicidade

COTIDIANO

“Mais Ideb nos Municípios Lindeiros” tem aporte de R$ 24 milhões

13 de janeiro de 2024 às 10:10
Publicidade

Santa Helena – O Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu e a Itaipu Binacional estabeleceram um convênio de cooperação financeira com o intuito de executar o projeto “Mais Ideb nos Municípios Lindeiros”. A iniciativa é parte de um esforço contínuo da entidade para fortalecer os municípios da região, neste momento, especialmente na educação.

O objetivo principal do projeto é elevar os padrões educacionais e melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica nos municípios participantes. Para atingir essa meta, propõe-se disponibilizar materiais pedagógicos suplementares para o ensino fundamental, do 1° ao 5° ano, nas escolas municipais, impactando cerca de 34.926 alunos e capacitando aproximadamente 3.949 professores.

A coordenadora de Governança Estratégica da prefeitura de Santa Helena, Edna Lara Wiellenz Pedroso, responsável pela elaboração do projeto, destacou que o material de apoio pedagógico complementar aos alunos e professores será de grande importância para auxiliar na melhoria do processo de ensino e aprendizagem, visando elevar os índices do Ideb dos municípios lindeiros. Edna Pedroso ressalta que iniciativas como estas deveriam ser multiplicadas em outras regiões. A coordenadora enaltece a sensibilidade que a Itaipu teve com o setor da educação ao celebrar o convênio. “Políticas públicas de investimento na educação de qualidade podem mudar nosso futuro e construir uma sociedade melhor”, observa.

A equipe de formatação do “Mais Ideb nos Municípios Lindeiros” conduziu levantamentos para identificar as necessidades educacionais e, com base nesses dados, desenvolveu planilhas e gráficos com estimativas de custos para a implantação do programa.

 

Ação conjunta

O programa será executado por meio da formação de uma rede das equipes pedagógicas dos municípios, envolvendo reuniões de alinhamento e planejamento estratégico para a aplicação e utilização dos materiais adquiridos.

Liliane Silva de Paula, representante da editora responsável pelo fornecimento dos materiais, compartilhou detalhes sobre os produtos. “Um é de apoio em português e matemática, visando não apenas melhorar o Ideb, mas também atender às deficiências específicas dos alunos durante os anos de pandemia. O segundo material, “Território da Leitura”, busca desenvolver a habilidade de leitura, a interação dos alunos, unindo as famílias no processo educacional”, ressalta.

 

Investimento regional

O assistente da Superintendência de Gestão Ambiental da Itaipu Binacional, Roberto Piano, destacou a importância desse projeto, um investimento significativo de aproximadamente R$24 milhões da Itaipu Binacional, diretamente na educação. Ele ressaltou que esse investimento elevará os índices e oferecerá oportunidades e melhorias, tanto para professores, quanto para alunos.

A secretária de Educação e Cultura de Santa Helena, colaboradora na formatação do projeto, Ana Paula da Silva, enfatizou que essa iniciativa é um marco para a região. Ela destacou o investimento em materiais pedagógicos que incluem projetos como “Aprova Brasil”, voltado para língua portuguesa e matemática, e o “Território da Leitura”, projetado para formação de leitores, considerando essenciais essas habilidades para todos os alunos.

 

Avanço educacional

Segundo a Itaipu e Lindeiros, esse convênio deve resultar em avanços significativos na qualidade educacional da região, alinhado aos objetivos de proporcionar uma educação de excelência e equidade para todos os estudantes de 1° ao 5° anos dos municípios lindeiro.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE