BANDEIRADA

Land Rover lança Defender 2023 no Brasil com novo motor diesel

27 de abril de 2022 às 08:28
Publicidade

 

 

A Land Rover anuncia a chegada do Novo Defender modelo 2023, agora com a nova motorização à diesel D300 MHEV de 300CV. O SUV com a maior capacidade off road do mundo ganhou duas novas configurações: A versão “X” e a “X Dynamic HSE”, com novos itens que tornam o veículo ainda mais exclusivo. Disponível nas opções 90 e 110, o novo Defender Diesel D300 também traz com um importante aprimoramento tecnológico, chegando de série com o novo sistema InControl Telematics, que permite o monitoramento e controle do status do veículo mesmo à distância por meio de um aplicativo no celular além de realizar chamadas de emergência e serviço pelo próprio veículo.

Apresentado em 1948 como Land Rover Série 1, o Defender nasceu para incorporar o #EspíritoLandRover de ir além, com capacidade para enfrentar qualquer terreno com conforto e segurança. Na nova versão mostrada em primeira mão na Agrishow suas principais características ganharam um aprimoramento ainda maior, com novo motor mais potente e tecnológico e um design exterior e interior mais moderno e com mais significado.

“O Defender é um veículo que carrega a essência da nossa marca, com um estilo incomparável, uma motorização potente e um interior tecnológico e versátil. Diante disso decidimos trazer ao Brasil a nova versão com a motorização Diesel MHEV, muito pedida pelos nossos clientes, e ainda aprimorar seus atributos tecnológicos, com a inclusão do sistema InControl Telematics de série. Além disso, seu visual também foi aprimorado, com diversos atributos que o tornam ainda mais único” explica Tiago Yoshitake, coordenador de marketing de produto da Land Rover.

Potente e tecnológico

O Novo Defender recebeu em sua nova versão a motorização Diesel MHEV, fazendo o equilíbrio perfeito entre potência para superar os mais variados terrenos e tecnologia para reduzir o consumo de combustível e emissão de CO2. O motor MHEV combina um motor a de 300cv com um alternador que também tem a capacidade de funcionar como motor elétrico. O alternador usa a rotação do motor para gerar corrente elétrica, e recupera energia quando o carro desacelera, carregando uma bateria de lithium de 48-volts instalada no veículo. Ao operar como um motor elétrico, ele utiliza essa energia da bateria para dar partida no motor pelo start/stop e fornece a assistência de torque necessária para reduzir o consumo de combustível e emissão de CO2.

Somada a essa tecnologia, o veículo conta ainda com a arquitetura especial D7x da Land Rover, projetada para situações extremas. Contruída com um monobloco leve e forte de alumínio, corresponde à carroceria mais resistente que a Land Rover já produziu. Ela é dez vezes mais rígida do que o Defender anterior, fornecendo bases perfeitas para suspensão totalmente independente.

                   Preço

O Novo Defender Diesel D300 já está a venda nas concessionárias da Land Rover de todo país com preços a seguir: Defender 110 D300 X,  R$ 800.950; Defender 110 D300 X-Dynamic HSE,  R$ 743.950; Defender 110 D300 HSE,  R$ 725.950; e Defender 90 D300 HSE,  R$ 708.950.

 

 

Crédito: Divulgação

 

++++

 

Ação visa ampliar a reciclagem de pneus

 

A Ambipar Waste to Energy, que faz parte da Ambipar, multinacional líder de gestão ambiental, está desenvolvendo uma ação focada na logística reversa para pneus que não têm mais uso. O objetivo é criar um sistema de logística reversa, que contempla a captação e transporte para envio a unidades de tratamento, garantindo a destinação final ambientalmente adequada mais próxima.

Seguindo as diretrizes da Resolução Conama n° 416, na qual se estabelece que os fabricantes e os importadores de pneus novos, com peso unitário superior a 2,0 kg (dois quilos) são obrigados a coletar e dar destinação adequada ao material sem utilidade existente no território nacional. Este trabalho segue um planejamento estratégico, que abrange todo o processo de reciclagem, utilizando processos específicos.

O projeto foi elaborado pela Ambipar Waste to Energy, que tem foco na fabricação de combustíveis derivados de resíduos (CDR´s) e tem como objetivo valorizar os resíduos através de processos e tecnologias que transformem resíduos em energia. Criado, de forma personalizada de acordo com a necessidade do mercado, com a disponibilização de coletores e pontos para acondicionamento, coleta e valorização de resíduos.

Para o funcionamento da operação, a Ambipar tem os seus procedimentos gerenciados por um software de gestão de resíduos, constituído de sete etapas: rastreamento, coleta e pesagem, centralização e padronização, geração de relatórios, controle dos documentos, geração de MTR (Manifesto de Transporte de Resíduos) e cadastro de CDF (Certificado de Destinação Final do Resíduo).

“O tratamento será realizado através da trituração e coprocessamento em fornos de clínquer dos pneumáticos inservíveis em todas as regiões de atuação. O coprocessamento garante o completo atendimento a PNRS, CONAMA 416 e a Instrução Normativa N°9 do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) nos quesitos de tratamento de pneumáticos inservíveis”, declara Rodrigo Bürger, diretor da Ambipar Waste to Energy.

 

 

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE