Cascavel – Das mais variadas técnicas de confeitaria, os bolos de flores estão conquistando as confeitarias e o gosto dos brasileiros. Considerada a precursora do “Flower Cake” no Brasil, Amélia Lino estará em Cascavel, no oeste do Paraná, dias 6 e 8 de abril para ministrar cursos sobre o tema.

A arte de florir bolos consiste na confecção de flores de creme de manteiga translúcido ou de chantili de leite em pó.

A brasileira aperfeiçoou a técnica que aprendeu em cursos de Flower Cake na Espanha e na Coreia, sempre com intuito de conferir as novidades e apresentá-las para os alunos brasileiros.

Amélia Lino é advogada e iniciou no ramo de confeitaria despretensiosamente quando foi morar em uma cidade do interior do Pará em 2015, para acompanhar o marido. Segundo ela, fazer bolo foi uma forma de se distrair e de repente virou uma oportunidade de um novo negócio.

Rosas, minirrosas, hortênsias, dálias, folhas, minibotões, orquídeas, peônias e ranúnculos despertam muita admiração de quem olha o bolo, que mais parece uma obra de arte.

Na Coreia, os bolos são considerados uma arte sagrada, tamanha beleza, delicadeza e perfeição. No Brasil, a Flower Cake conquistou as confeitarias e o gosto dos brasileiros.

Amélia largou a advocacia, o marido abandonou a profissão para acompanhar a esposa, rendido aos encantos dos Bolos Florais.

Os cursos

Amélia chega a ministrar 18 cursos por mês e já percorreu quase todos os estados brasileiros. Em 2017, deu treinamento para 2.500 alunos. A aula é 100% participativa e todos já saem sabendo fazer flor.

São oito horas intensas de teoria e prática ao mesmo tempo. O público é bem variado, desde confeiteiros querendo dar um “up” na produção, mamães, desempregados e profissionais de outros segmentos, todos com o propósito de aprender a decorar o bolo.