Itália faz funeral em massa de vítimas de terremoto

ASCOLI PICENO, Itália ? Em um dia nacional de luto, a Itália realizou neste sábado um funeral em massa de 35 das quase 300 vítimas do terremoto que devastou a região central do país esta semana. O enterro, realizado na cidade de Ascoli Piceno, contou com a presença do presidente Sergio Mattarella, que sobrevoou a região de helicóptero para ver os danos.

Unimed

Enquanto isso, as equipes de resgate continuam a buscar por sobreviventes, cujas chances de serem encontrados com vida diminuem a cada minuto. Em Amatrice, mais nove corpos foram recuperados dos escombros de construções que desabaram, incluindo três nas ruínas do Hotel Roma, elevando para 230 o número de mortos, entre moradores e turistas, só nesta cidade, a mais afetada pelo sismo.

Entre as vítimas enterradas neste sábado estão duas das 21 crianças mortas no desastre. A mais nova tinha apenas cinco meses de idade, enquanto a vítimas mais velha contava 93 anos. Já entre os estrangeiros mortos estão ao menos seis romenos, três britânicos, uma mulher espanhola, um canadense e um albanês. A região de Amatrice é um popular destino de férias e as autoridades locais ainda lutam para descobrir quantos turistas estavam na cidade quando o terremoto aconteceu.

O funeral em massa em Ascoli Piceno atraiu centenas de pessoas, que chegaram para missa horas antes de seu início para apresentar seus pêsames.

– Mesmo não conhecendo elas (as vítimas), meu coração está partido. Meus pensamentos estão com elas porque tem pessoas que perderam tudo, suas casas e entes queridos – disse Luciana Cavicchiuni, uma moradora local. – Estas coisas não deviam acontecer.

Unimed

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação