Publicidade

COTIDIANO

Integrantes da comissão ouvem queixas de usuários do consórcio

07 de julho de 2015 às 12:02
Publicidade

Cascavel – Os vereadores Romulo Quintino, Jorge Bocasanta e Jaime Vasatta realizaram na segunda-feira (6) uma visita ao Cisop (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste do Paraná). Acompanhados de assessores, eles permaneceram longo tempo no local conversando com cerca de 50 pacientes que aguardavam por consultas e exames.

Dá para dizer que essa verificação in loco foi a primeira ação concreta da CPI criada pela Câmara de Cascavel para investigar o consórcio e que andou gerando polêmica com os prefeitos da região.

Foi o suficiente, porém, para entender como funciona o encaminhamento dos pacientes até o consultório, o atendimento dos médicos, especialidades com mais demanda e especialmente, o tempo de espera.

“Nós precisamos ter esta percepção da realidade dos pacientes de Cascavel e isso só é possível vindo até eles”, justificou Vasatta, ressaltando que dentre as reclamações recebidas está a de um paciente que aguarda há seis anos a retirada dos pinos colocados na perna fraturada.

De acordo com o presidente da CPI, Romulo Quintino, o próximo passo será a coleta de informações detalhadas “sobre o repasse financeiro do Município [Cascavel] ao Cisop e o número de consultas disponibilizadas”. Também já está agendada uma reunião com o secretário municipal de Saúde, Reginaldo Andrade.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE