Policiais militares de Toledo, receberam a informação de que um homem teria invadido o apartamento de uma mulher, localizado na Rua Barão do Rio Branco, centro da cidade e no interior do ambiente teria efetuado disparos de arma de fogo, tal informação foi repassada a rede de policiamento.

A primeira equipe a chegar ao local, de imediato escutou dois disparos de arma de fogo e em ato contínuo adentrou ao prédio, vindo a acessar o quarto andar pelas escadas.

Uma vez lá, a equipe se deparou com um homem que portava uma pistola apontada contra seu próprio peito, o mesmo foi identificado e se encontrava parado em frente a porta do apartamento.

Foi percebido pela primeira equipe policial que interveio primeiramente na situação, que uma mulher se encontrava no interior do apartamento.

Foi iniciado o protocolo de primeira intervenção em crises, sendo buscado isolar o local onde um dos policiais militares interagia com o causador do evento crítico, com intuito de fazer ele desistir da sua intenção de se matar em frente a mulher ou ainda de acabar ferindo a equipe policial.

Após alguns minutos de negociações, várias equipes policiais chegaram. No entanto, o autor ao perceber a chegada de mais policiais de maneira repentina acionou o gatilho da pistola que portava, apontada contra o próprio peito, vindo a efetuar um disparo.

Imediatamente após cair no chão. Foi retirada a mulher do apartamento, acionado o SAMU para que pudesse ser prestado atendimento médico e feito isolamento do local.

Sequencialmente, após serem acionados, compareceram ao local do suicídio os investigadores de Polícia Civil, e uma equipe do IML, os quais fizeram cada qual os respectivos trabalhos de sua competência.

A arma utilizada no suicídio uma pistola Taurus modelo PT92 calibre 9 mm, bem como os estojos encontrados na casa, foram recolhidos pelo perito.

O automóvel utilizado um VW Gol de cor branca, foi encaminhado até a 20ª SDP pelo investigador.

Após os acontecimentos, foi conversado com a mulher do apartamento, a qual relatou a equipe policial que teria tido uma discussão com o homem, o qual veio a sair de seu apartamento e retornou armado, efetuando disparos pela sala e cozinha, estando visivelmente alterado e que a todo momento ele afirmava, segundo ela, que iria se matar na frente dela.

O corpo foi recolhido e encaminhado ao IML.

(Portal Nova Santa Rosa)