Falência dos municípios

A extinção do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) prevista para este ano preocupa gestores públicos. Cascavel é uma das cidades que vêm abrindo frente a uma mobilização nacional em busca de respostas sobre o futuro dos repasses. A secretária Márcia Baldini participa na Bahia, quinta-feira da próxima semana, de encontro com deputados e senadores. “Estamos em um momento preocupante. O repasse do Fundeb é substancial. Precisamos conscientizar os deputados e os senadores para que votem a proposta de tornar o Fundeb permanente. O fim do Fundeb significará a falência dos municípios”, alerta. Para Cascavel, são quase R$ 200 milhões por ano oriundos do Fundeb que deixariam de ser repassados.

Apelo na tribuna

A presidente do Conselho do Fundeb em Cascavel, Clarice Aparecida Figurski, enviou apelo aos vereadores e falou ontem na tribuna para que ocorra uma mobilização do Legislativo para a manutenção do recurso. Os parlamentares elaboraram uma moção de apelo ao governo federal.

Inadimplentes

Os contribuintes que estão recorrendo ao Refic estão recebendo tratamento vip, com direito a suco geladinho e bolachas. A procura pela negociação tem sido grande: 1,8 mil atendimentos em apenas três dias e um saldo de R$ 2,880 milhões negociados.

DEM ou PSL?

Convites não faltam ao vereador Sebastião Madril para mudar de legenda. Ele está filiado ao PMB, que está enquadrado na cláusula de barreira e ficará sem tempo de propaganda gratuita no rádio e na TV nem verba do fundo partidário. Por isso, Madril terá de escolher outra sigla se quiser disputar a reeleição. O DEM mantém namoro aberto com ele, mas Madril ainda balança com o PSL, do presidente Jair Bolsonaro.

Eleições à vista

Quem negocia com Madril é Juarez Berté, atual presidente do DEM. Quem assumiu a secretaria do partido é Edy Carlos de Souza, representante comunitário que tem ganhado a simpatia dos moradores do Bairro Santa Cruz – ele já foi candidato a vereador na última eleição pelo DEM. Outra sigla que vem tenta formar grande grupo de candidatos é o PL, de Gugu Bueno. Estima-se que a sigla terá mais de 20 candidatos.

Tribuna médica

Os vereadores recebem uma grande demanda de reclamações dos serviços relacionados ao SUS. Ontem o vereador Valdecir Alcântara (PSL) usou a tribuna para apontar negligência do Hospital Universitário. Ele relatou o caso de um rapaz de 21 anos que corre o risco de ter o pé amputado após ficar uma semana na UPA à espera de vaga para ortopedista. “Estão brincando com a população”, reclamou o vereador, que foi barrado na porta da UPA Tancredo e não pôde entrar para verificar os internamentos: ordem da coordenação.