A Acifi (Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu) alerta os empresários sobre a existência de novo golpe na praça. A quadrilha está entrando em contato com estabelecimentos, criminalmente em nome da Acifi, para cobrar indevidamente valores a partir de suposta atualização de cadastro em listas de marketing digital.

Na prática, a empresa recebe um contato, por telefone, WhatsApp e e-mail, de uma editora que se apresenta para renovação de um contrato para serviço de divulgação. Como várias empresas mantêm esse serviço, nem se apercebem que não se trata do mesmo fornecedor e, inadvertidamente, acabam por assinar documentos.

Importante frisar que os golpistas possuem alta capacidade de convencimento. Mas só ao receber o contrato o empresário percebe o equívoco e, invariavelmente, é intimidado a pagar altos valores sob o risco de terem o nome incluído no cadastro de inadimplência.

O chamado “golpe da lista telefônica” é antigo e tem variantes em cada região. Algumas cobranças são impostas a serviços que foram oferecidos gratuitamente, mas ao chegar o contrato constam campos com valores não informados anteriormente.

Nesses casos, a empresa deve encaminhar urgentemente um pedido de cancelamento do suposto contrato, ação prevista no Código de Defesa do Consumidor. Caso a outra empresa insista na cobrança ou ameace protestar o contrato ou inserir no cadastro do SCPC ou Serasa, a Justiça deve ser acionada.

A Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu pede a máxima atenção dos associados ao assinar documentos que ensejem cobranças futuras.