Espaço ApaeXonados: Mãe que transformou luta pelos autistas em lei faz palestra em Cascavel

Berenice Piana é uma das maiores vozes no País sobre o direito dos autistas

A Apae de Cascavel apoia o Caut (Centro de Apoio, Convivência e Defesa dos Direitos de Autistas de Cascavel) na palestra que será realizada no dia 13 de agosto, às 14h30, no auditório da Prefeitura de Cascavel.

Na oportunidade, estará presente Berenice Piana, uma das maiores vozes no País sobre o direito dos autistas e mentora da Lei 12.764, de dezembro de 2012, que carrega seu nome.

O encontro é aberto para toda a comunidade, especialmente a pais e profissionais que trabalham cotidianamente com autistas.

A palestra servirá também para tabular a viabilidade de implantação da Clínica Escola de Autista em Cascavel, projeto-modelo já existente nas cidades de Itaboraí (RJ) e Santos (SP).

A Apae de Cascavel presta atendimento a mais de 60 autistas. Do total, metade ocupa as salas adaptadas para autismo ou para crianças com o TEA (Transtorno Espectro do Autismo). Em todo o mundo, a Organização Mundial da Saúde estima uma população autista de 70 milhões de pessoas. No Brasil, são 2 milhões.

Lei Berenice

Com a Lei Berenice instituída há sete anos, criou-se a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtornos do Espectro Autista. A partir de então, toda a pessoa com o TEA passou a usufruir dos mesmos diretos previstos em lei a uma pessoa com deficiência.

Berenice Piana tem três filhos. Com o filho caçula diagnosticado com autismo, a sua luta na sociedade em prol da pessoa com autismo ocorreu diante dos desafios que ela precisou enfrentar, com o preconceito ainda presente e apontado ainda como principal tabu.

O trabalho desenvolvido rendeu frutos, a partir da implantação da primeira Clínica Escola Autista, no Rio de Janeiro. Berenice Já visitou vários estados brasileiros, atendendo o pedido de municípios dispostos a criar leis específicas em defesa do autista.



Fale com a Redação

4 × 5 =