Cascavel – O fechamento de turmas mesmo sem aulas presenciais na rede pública estadual chamou a atenção da APP-Sindicato. Ao menos 23 turmas foram fechadas em colégios de Cascavel e Foz do Iguaçu. Diante das informações, a APP solicitou que diretores informassem os pedidos feitos pelos NREs (Núcleos Regionais de Educação).

Em Cascavel, os Colégios Castelo Branco e Horácio Ribeiro dos Reis receberam a comunicação para o fechamento de turmas da Seed (Secretaria da Educação e do Esporte). “De uma hora para outra, o governo resolveu fechar essas turmas”, diz Daniel Nascimento Matoso, presidente da APP Sindicato de Cascavel.

Segundo a Seed, serão fechadas seis turmas no NRE de Cascavel.

Já em Foz do Iguaçu, a APP Sindicato fez um levantamento de que pelo menos 17 turmas já foram fechadas e teme sobrecarga de turmas e desemprego de professores com contrato temporário.

A APP diz que está tentando dialogar com o governo do Estado para pedir que recue na decisão de fechar as turmas.

A Seed informou que tanto o Colégio Castelo Branco quanto o Horácio Ribeiro dos Reis passam por adequações em turmas do 1º ano do Ensino Médio no turno da manhã. No Castelo Branco, por exemplo, eram 70 alunos em três turmas nesses turno e série, quando a Resolução 4511/2011 estipula de 35 a 40 alunos por turma no Ensino Médio. Logo, a recomendação é para que fiquem apenas duas turmas.

Já no Horácio Ribeiro, o número passa de quatro para três nessa série para que essa resolução seja cumprida, até porque os colégios não podem ter tratamento diferenciado.

A Seed informou ainda que solicita às instituições justificativas de turmas fora do recomendado para então analisar as situações. A secretaria garantiu ainda que os alunos não terão qualquer prejuízo, pois seguirão na mesma escola e no mesmo turno.