ECONOMIA

Dólar fecha a R$ 5,11

14 de junho de 2022 às 08:01
Publicidade

 

 

O nervosismo em torno dos juros norte-americanos voltou a pressionar o mercado financeiro na segunda-feira (5). O dólar ultrapassou a barreira de R$ 5 e fechou no nível mais alto em quase um mês. A bolsa de valores caiu quase 3% e atingiu o menor nível desde o início de janeiro. O dólar comercial encerrou esta segunda vendido a R$ 5,115, com alta de R$ 0,127 (+2,54%). A cotação operou em alta durante toda a sessão. Na máxima do dia, por volta das 12h, chegou a R$ 5,13. A moeda norte-americana está no valor mais alto desde 12 de maio, quando tinha fechado em R$ 5,14. A divisa acumula alta de 7,6% em junho, tendo subido 7% somente nos últimos seis pregões. Em 2022, o dólar cai 8,27%.

O mercado de ações também teve um dia turbulento. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 102.598 pontos, com recuo de 2,73%. O indicador foi influenciado pelas bolsas norte-americanas, que também tiveram forte queda. O Ibovespa está no nível mais baixo desde 10 de janeiro.

Hoje (14) e quarta-feira (15), o Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) reúne-se para decidir os juros básicos dos Estados Unidos.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE