Em operação da Divisão de Combate à Corrupção da Polícia Civil em São Miguel do Iguaçu, na manhã desta segunda-feira (5), foram cumpridos pelo menos dois mandados de prisão preventiva.

Um dos mandados de prisão preventiva foi cumprido na casa de uma ex-vereadora do Município.

Foram cumpridos ainda mandados de busca e apreensão em alguns endereços no município, porém os detalhes ainda não foram divulgados pela polícia.

A delegada responsável deverá conceder entrevista coletiva nas próximas horas, com todos os detalhes da operação.

Operação W.O

A operação teve como alvo uma organização criminosa suspeita de fraudar licitações no município de São Miguel do Iguaçu. Os alvos do trabalho atuam na venda de pedras e locação de caminhões e máquinas para transporte de pedras.

Também há suspeita relacionada à empresa que prestou serviço no CITEL (Centro Integrado de Trabalho, Educação e Lazer) por aproximadamente cinco anos, com prorrogações contratuais de licitação que ocorreu em 2013.

De acordo com a polícia, as empresas suspeitas firmaram contratos de aproximadamente R$ 19 milhões entre os anos de 2013 e 2019 com a prefeitura.

Fonte: Portal Costa Oeste