A Campanha Nacional de Vacinação da criança e do adolescente contra a Poliomielite ocorre de 1º a 29 de outubro de 2021 em todo o Brasil, pais e responsáveis devem levar suas crianças e adolescentes com menos de 15 anos, a um posto de saúde, para aplicação das doses de vacinas necessárias.

No dia 24 de outubro é celebrado o Dia Mundial de Combate à Poliomielite. Estar com as vacinas atualizadas previne doenças imunopreveníveis e evita hospitalizações, sequelas, e até óbitos.

Dentre as diversas vacinas disponibilizadas estão as doses contra a Poliomielite, doença a qual os Rotary Clubs do mundo inteiro trabalham para erradicá-la.

A Poliomielite é reconhecidamente um problema de saúde pública e já teve momentos de epidemia em vários países do mundo.

Foi descoberta em 1908 e teve sua vacina desenvolvida por Albert Sabin, médico pesquisador que renunciou os direitos à patente da mesma para ajudar a disseminar a sua utilização.

A Poliomielite pode ser transmitida por água e alimentos contaminados ou contato com uma pessoa infectada. O vírus pode causar paralisia, deixando o paciente com sequelas, e em casos mais graves pode causar a morte.

Para Henrique Pedro Bremm, Presidente 2021-22 do Rotary Club de Cascavel-Sonhar, a melhor forma de combate é a vacinação.

“As ferramentas que temos para combater a Poliomielite são a informação e a vacinação, sendo esta última a única forma de erradicar a doença em nosso planeta. Assim, cabe a nós membros do Rotary adotar ações de informação, em apoio às autoridades governamentais e demais entidades que atuam no combate à Poliomielite, para esclarecer todas as pessoas da importância da vacinação, especialmente os pais de crianças menores de 5 anos, que não devem deixar de vacinar os seus filhos e protegê-los das terríveis consequências dessa doença”.

Por mais que atualmente a doença já esteja com baixa incidência no mundo todo, graças aos esforços em grande parte dos Rotary Clubs e seus associados, a mesma deve ser tratada com cautela, pois muitas pessoas infectadas pelo vírus não apresentam sintomas e a doença não tem cura.

A indicação da vacina da Poliomielite é para crianças menores de 5 anos e adolescentes e adultos que viajam a países onde a doença ainda é endêmica.

Fique atento e leve suas crianças e adolescentes para vacinar. Uma pequena atitude sua pode salvar vidas.

(Rotary Club de Cascavel)