Cresce número de pessoas que limparam o nome

O mês de novembro é mais um indicativo de que as vendas de fim de ano prometem ser melhores do que dos últimos anos. É que um número maior de consumidores procurou acertar pendências e agora está apto a voltar a comprar a prazo, de olho nas compras de Natal e Ano-Novo. Isso é o que indicam as novas estatísticas do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) da Acic referentes a novembro.

Unimed

O número de consumidores que pagaram seus débitos e deixaram o SPC cresceu 12%: foram 3.530 pessoas em novembro deste ano contra 3.144 de novembro de 2017.

Os registros (a inclusão de inadimplentes) também caíram, outra sinalização positiva, já que menos pessoas deixaram de pagar e entraram para a lista negativa. Foram 4.803 registros no mês passado contra 5.017 de novembro do ano passado, queda de 4%.

O SPC apurou também que houve pequeno recuou no número de consultas na comparação entre os meses de novembro dos anos de 2017 e 2018. Foi de 1%. No mês passado elas somaram 44.648 contra 45.275 de novembro do ano passado.

O SPC da Acic tem mais de 40 anos e é um dos mais antigos, completos e confiáveis bancos de dados de proteção ao crédito do Paraná. “Consultar é mais que um custo, é um investimento”, diz do diretor da área, Genésio Pegoraro.

JK

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação