A 20ª Copa Brasil de Kart começa amanhã e vai até o próximo sábado no Kartódromo da RBC, em Vespasiano, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Por falta de inscritos, a CNK (Comissão Nacional de Kart), órgão da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), cancelou as disputas na categoria Shifter, que contava com um inscrito na categoria Shifter Graduados e quatro na Shifter Sênior. O cancelamento da Shifter foi um balde de água fria para o cascavelense Pedro Gurgacz, da equipe Eucatur/Hospital São Lucas, que iria competir na Shifter Graduados.

 

 

Helal e Bambino unem Sudeste

e Nordeste na Cascavel de Ouro

Com 70 carros já inscritos, a 32ª Cascavel de Ouro segue destacando a participação de pilotos do Nordeste brasileiro. Marcada para 18 de novembro no Autódromo Internacional Zilmar Beux e oferecendo a inédita premiação de R$ 150 mil, a prova marcará a estreia do paulista Rodrigo Helal em dupla com o pernambucano Marcelo “Bambino” Antunes, também inscrito pela primeira vez. Eles vão competir com o GM Celta número 113.

Helal estreou nas competições no kart de nível amador. Faz parte da Old Stock Race desde a temporada de estreia da categoria e foi vice-campeão em 2016 e 2017. Na atual temporada, disputa também as provas da categoria Marcas 1.6, a mesma que compõe o grid da Cascavel de Ouro. “A expectativa para a corrida é das mais positivas. Quero brigar lá na frente, pela liderança”, estipula o piloto da FP Max Sport Cars.

Bambino iniciou sua carreira no automobilismo em 2006, influenciado pela atuação do pai nas pistas. Seu currículo aponta a conquista de vários títulos do Campeonato Pernambucano nas classes B e A. O piloto destaca ainda a conquista de títulos na Copa Norte-Nordeste e nos campeonatos Alagoano e Paraibano, além de experiências em categorias como a Old Stock Race, a Spirit Race, a Copa Uno, o kart e o rali indoor.

“Já era um sonho meu estar no grid da Cascavel de Ouro. Acompanhei a corrida pela televisão nos últimos anos, sempre morrendo de vontade de estar lá, mas Deus faz as coisas na hora devida. Agora as coisas clarearam”, aponta o pernambucano. “Desta vez vamos com um grande esforço prestigiar o evento e disputá-lo com vários pilotos de várias categorias. Vai ser a realização de um sonho, e vamos para buscar a vitória”, acrescenta.

Inscrições

Pilotos e equipes podem solicitar a ficha de inscrição da 32ª Cascavel de Ouro por e-mail, com mensagem para [email protected], ou pelo número celular (45) 99937-1052. A disputa é aberta a pilotos inscritos carros da categoria Marcas 1.6, configurados pelo regulamento técnico do Campeonato Paranaense. A tomada de tempos será feita pela média dos tempos de dois pilotos por carro e a corrida terá duração de três horas.

O regulamento desportivo da Cascavel de Ouro estipula em R$ 5 mil a taxa de inscrição por carro. Os vencedores da corrida receberão R$ 100 mil. Há prêmios de R$ 20 mil ao segundo lugar, de R$ 12 mil para o terceiro, de R$ 8 mil para o quarto e de R$ 5 mil para o quinto, além de R$ 5 mil pela pole. A programação de novembro em Cascavel incluirá ainda a sétima etapa da Sprint Race Brasil e a primeira edição da GoldClassic, com 75 carros já inscritos.

Rodrigo Helal foi vice-campeão das duas últimas temporadas da Old Stock Race (divulgação)

Marcelo Bambino é um dos destaques do automobilismo de Pernambuco (divulgação)

 

 

Vereadores I

Os vereadores de Cascavel analisarão amanhã, em primeira discussão, o Projeto de Lei 96/2018, de autoria do vereador Pedro Sampaio, que declara Utilidade Pública a Asppac (Associação de Pilotos e Preparadores de Arrancada de Cascavel).

 

Vereadores II

Já com relação ao Projeto de Lei 081/18, de autoria do Poder Executivo, que autoriza a terceirização do Autódromo Zilmar Beux e o kartódromo Delci Damian, já pode entrar na pauta de votação nesta semana. Agora só depende do presidente do Legislativo.

 

Copa Truck

Com largada às 13h (horário de Brasília), será disputada hoje no Autódromo de Rivera, no Uruguai, a sétima etapa da temporada da copa Truck, a segunda etapa da Copa Mercosul.