A redução no número de casos de Covid-19 no Paraná parece ter impulsionado a quantidade de casamentos no estado. Segundo dados dos cartórios paranaenses publicados no Portal da Transparência do Registro Civil, o crescimento foi de 16% no total de matrimônios entre janeiro e outubro de 2021 em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Ao todo, nos dez primeiros meses deste ano foram realizadas 37.017 celebrações, frente a 31.898 matrimônios em 2020. A tendência de alta começou em abril, quando os números de 2021 ultrapassaram os de 2020. No entanto, o maior crescimento foi registrado de agosto para setembro, quando os casamentos aumentaram 30,2%.

Os dados disponíveis no Portal da Transparência são administrados pela Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Brasil (Arpen/BR), entidade que representa os 7.654 Cartórios de Registro Civil do Brasil.

Segundo a Arpen/BR, esses cartórios mantém protocolos de segurança sanitária para as celebrações, como limite de pessoas na cerimônia, distanciamento, exigência de máscara e distribuição de álcool em gel, “medidas que também fazem com que os noivos se sintam mais seguros para retomar os planos adiados por causa da pandemia”, explica a associação.

E foram esses protocolos de segurança — aliados à possibilidade de vacinação e à queda na quantidade de casos da doença no estado — que possibilitaram a realização do sonho de casais como a estudante de Nutrição Flávia Machado e o policial rodoviário federal Jhonny Stainsack. “A pandemia fez com que atrasássemos nossos planos, mas, enfim deu certo!”, comemoram os noivos, que celebraram a união em Araucária, na região metropolitana de Curitiba.

Ainda de acordo com a Arpen/BR, essa retomada nas cerimônias de casamento ocorre às vésperas de dezembro, tradicionalmente o mês com maior número de matrimônios no Brasil. Por isso, o aumento na quantidade de celebrações pode ser mais significativo nas próximas semanas, já que esse mês é o preferido dos casais devido às férias coletivas de trabalhadores, férias escolares e recebimento de salários extras, como o décimo terceiro.

Quer casar? Saiba o que é preciso

Para realizar o casamento civil é necessário que um dos noivos compareça ao Cartório de Registro Civil da região onde mora com antecedência mínima de 30 dias da data escolhida. Ele deve estar acompanhado por duas testemunhas maiores de 18 anos com documentos de identificação.

Além disso, os noivos devem apresentar suas certidões de nascimento (se forem solteiros), de casamento com averbação do divórcio (para divorciados), de casamento averbado ou de óbito do cônjuge (para os viúvos), e ainda os documentos de identidade e comprovante de residência. O valor do casamento é tabelado em cada estado. No Paraná, ele custa a partir de R$ 211,50 (valor referente a 2021).

(Gazeta do Povo)