Curitiba – O Informe Semanal sobre Arboviroses publicado nessa terça-feira (20) pela Secretaria de Estado da Saúde alerta para o aumento de casos de chikungunya, também transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, assim como a dengue e o zika vírus. O mês de fevereiro apresentou 20 notificações e um caso confirmado. Em março, foram 53 notificações e 19 confirmações, crescimento de 165% e 1.800%, respectivamente.

A secretaria monitora e divulga os dados epidemiológicos dos três agravos no mesmo Informe, conforme análise da Vigilância Ambiental.

Segundo o boletim, o Paraná tem hoje 193 notificações para a chikungunya e 29 casos confirmados. “A Secretaria da Saúde está alerta diante desse aumento repentino de casos. Já orientamos todas as 22 Regionais de Saúde, principalmente os serviços assistenciais, para atenção redobrada a possíveis ocorrências”, afirma o secretário Beto Preto.

As equipes da secretaria vão intensificar o trabalho de apoio às Regionais de Saúde e aos municípios. “Atualmente, o estado de São Paulo passa por um surto de chikungunya. A proximidade com o Paraná e o fluxo de pessoas entre os estados podem ter originado o aumento dos casos por aqui”, explica a coordenadora de Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde, Ivana Belmonte.

Do total de notificações, 66 são de cidades do oeste do Paraná: 50 em Foz do Iguaçu, 9 em Cascavel, 2 em Assis Chateaubriand, 2 em São Miguel do Iguaçu, uma em Santa Terezinha de Itaipu, uma em Serranópolis do Iguaçu e uma em Vera Cruz do Oeste. Contudo, não houve confirmação por enquanto.

Características

A chikungunya causa febre e dores nas articulações. Outros sintomas incluem dor muscular, dor de cabeça, náusea, fadiga e erupção cutânea. Aproximadamente 50% dos casos evoluem para a forma crônica: as dores podem persistir por meses ou até anos, causando debilitação do paciente.

 

Dengue

O Informe publicado nessa terça-feira registra 1.289 novos casos confirmados da dengue no Paraná. O período epidemiológico, com início de agosto de 2020, soma 9.909 casos distribuídos em 247 municípios.

As 22 Regionais de Saúde têm confirmações de dengue. O Paraná totaliza 8.741 casos autóctones (contraídos no mesmo lugar). O Informe registra 55.198 notificações para a doença no Estado, em 354 municípios. Outros 10.856 casos seguem em investigação.