Depois de passar a madrugada como refém de bandidos e ser abandonado em um matagal, o cascavelense Wellinton dos Santos Barboza entrou em contato com a família nesta terça-feira (13), por volta das 14h, quando conseguiu chegar à Receita Federal em Foz do Iguaçu.

Segundo a esposa dele, Fabrícia de Jesus Barboza, ele saiu de casa na noite de segunda-feira para trabalhar em um veículo Prisma, quando sumiu. Ele foi abordado pelos bandidos ainda em Cascavel. “Eu estranhei a falta de contato e começamos a rastrear o carro. Da última consulta, estava em uma região de mata nas proximidades de Foz. Deixaram-no ali e ele caminhou até encontrar ajuda”, contou Fabrícia.

Quando chegou à Aduana da Receita Federal de Foz, Wellinton ligou para a esposa e familiares foram buscá-lo. O Prisma, o celular da vítima e diversos documentos foram levados pelos ladrões.