COTIDIANO

Cascavel, cidade esburacada

28 de junho de 2019 às 10:35
Publicidade

Situação que já virou comum em Cascavel é ouvir reclamações sobre as ruas esburacadas. Mesmo sendo arrumados, uma hora ou outra os buracos voltam a ser lembrados, a cada “caída” de roda de veículos. É o caso dos buracos da Rua Nereu Ramos, no Bairro Claudete.

“Esse buraco sempre é arrumado, mas com as chuvas e o grande fluxo de veículos que passam pela rua, ele abre novamente. A solução é fazer o recapeamento”, sugere o aposentado João Mioto.

A auxiliar administrativa Elzilaine Benedito trabalha em uma mecânica na Rua Theofanio Maltezo, esquina com a Rua Jorge Lacerda, e se queixa dos buracos. “São muitos buracos pelo caminho todo, eu venho pelo Bairro Tropical e tenho que desviar o tempo todo. O pessoal que traz o carro na mecânica também reclama”.

A reportagem do Hoje News percorreu algumas ruas do bairro citado por Elzilaine e encontrou buracos nas Ruas Framboyant, Pinheiros e Fagundes Varela. Para ela, o correto também é recapear o asfalto. “Resolveria muito mais o problema e demoraria mais para voltar a incomodar”.

Radar Cidadão

A população pode fazer a queixa de buracos diretamente pelo canal Radar Cidadão. Com o recurso é possível descrever o problema e informar dados básicos, como onde está o buraco e há quanto tempo precisa de reparos. De acordo com um relatório do canal, disponibilizado pela assessoria do Vereador Fernando Hallberg (PPL), das sete reclamações enviadas neste ano, apenas duas ainda não foram encerradas. O local é o mesmo: Núcleo Industrial II, no Bairro Morumbi. A primeira solicitação foi feita no dia 5 de fevereiro e a segunda foi feita no dia 4 de junho.

Problema maior

A reportagem do Hoje News percorreu alguns bairros e encontrou buracos em ruas não citadas pelos cidadãos por meio do canal Radar Cidadão, na Visconde de Guarapuava (Claudete), na Pedro Ivo (Canadá), na Saul Mário Caus (Esmeralda), na Diamante (Esmeralda), na Martin Fardoski (Santos Dumont), na Cuiabá esquina com Paraguai (Alto Alegre) e na Uruguai (Alto Alegre).

Visão geral

A prefeitura foi procurada para fornecer um relatório geral de quantas ruas da cidade possuem buracos e qual é o ponto de maior reclamação dos cidadãos, além de qual é a solução cabível, mas não se pronunciou.

Reportagem: Milena Lemes

 

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE