Publicidade

COTIDIANO

Rua Alexandre de Gusmão começa a ser pavimentada “em nova etapa”

10 de janeiro de 2024 às 11:02
Publicidade

Cascavel – Uma nova etapa da obra da Nova Avenida Carlos Gomes iniciou nesta terça-feira (9) com o início da pavimentação da Rua Alexandre de Gusmão, no trecho que fica atrás do Cemitério Central. A rua que se tornará binário com a avenida foi em grande parte fresada ainda em outubro do ano passado e com as chuvas, vários buracos se abriram e os moradores estavam reivindicando a pavimentação do trecho que estava trazendo transtorno.

De acordo com o secretário de Serviços e Obras Públicas de Cascavel, Sandro Camilo Rocha Rancy, a empresa terminou a pavimentação nas quadras que iniciaram logo após o Natal e que, por isso, deslocou as equipes para a Rua Alexandre de Gusmão, que a partir de agora recebe a massa asfáltica, serviço que vai demorar alguns dias para ficar pronto, dependendo das condições climáticas, já que nos próximos dias têm previsão de chuva.

“A empresa concluiu aquelas cinco quadras que estavam prontas para receber o asfalto, na Rua São Paulo até a Avenida Brasil e a Carlos Gomes da Rua Rio Grande do Sul até a São Paulo e agora passou para a região do Maria Luiza”, disse Rancy. Ele lembrou que a intenção de pavimentar todas estas quadras e a Alexandre era fim do ano passado, mas que não foi possível devido a grande quantidade de chuvas que atrasou o andamento, e por isso, o atraso soma pelo menos 40 dias dos últimos 90.

Rancy frisou ainda que mesmo com estes trabalhos serão mantidas quatro frentes de trabalho, já que eles decidiram com a empresa que é melhor distribuir os trabalhos. Uma equipe vai preparando, outra faz a drenagem, meio fio, calçadas e tem o outro grupo que distribui a massa asfáltica. Com isso, são atualmente quatro equipes divididas na Carlos Gomes, Barão do Cerro Azul, Alexandre de Gusmão e na Rua Integração.

A obra iniciou no dia 18 de setembro e o prazo de contratação é de 15 meses, mas já terá pelo menos 16 meses com o atraso anunciado. Em todo o trecho a base do asfalto está sendo refeita, assim como toda a pavimentação, galeria de água pluvial e trocada a calçada para paver. No total, o projeto todo engloba 56 quadras.

O valor total da obra é de R$ 51.144.674,40, pago com recursos que foram emprestados ao Município pelo Banco Fonplata por meio do PDU (Programa de Desenvolvimento Urbano). A obra inclui ainda uma ciclovia, interligando com a Rua da Lapa e revitalização de um trecho da Rua Rio da Paz, local com intenso movimento de veículos próximo ao Terminal Sul.

Lago Azul  

O asfalto que está sendo retirado das ruas em obras está sendo jogado nas ruas do bairro Lago Azul, vias em que a empresa deixou inacabada e que ficaram abandonadas. A solução encontrada pela a Sesop foi de usar esse material como medida paliativa até que uma nova licitação ocorra. O contrato com a empresa foi quebrado em abril do ano passado, após se arrastar por cerca de dois anos, trazendo problemas aos moradores, já que sempre foi uma reivindicação antiga deles.

As vias que estão recebendo a pavimentação são a Lagoa Rodrigo de Freitas e Lagoa Pinguela, as vias principais do bairro.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE