Rio – As duas seleções melhores classificados nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar vão se enfrentar nesta terça-feira, na cidade argentina de San Juan, fechando o ano para as duas seleções. É o último compromisso para as duas equipes, que são líder e vice-líder das Eliminatórias atualmente. A Seleção Brasileira tem 34 pontos, enquanto os argentinos somam 28.  Curiosamente, as duas equipes têm um jogo a menos que ainda não teve uma definição por parte das entidades Fifa e Conmebol sobre a sua interrupção por fiscais da Anvisa.

Sempre cotadas entre as favoritas no continente, cada seleção terminou em primeiro nas Eliminatórias neste formato – Argentina em 1998, 2002 e 2014, a primeira e a última sem o Brasil na parada por ser atual campeão e sede, respectivamente, e o Brasil em 2006, 2010, 2018.

Para este jogo, o técnico Tite poderá fazer pelo menos três mudanças na escalação. Suspenso, o volante Casemiro deve ser substituído por Fabinho.  Gabriel Jesus sai do ataque titular dando lugar para Matheus Cunha, enquanto no setor defensivo Thiago Silva cede lugar para Éder Militão.

 

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF