Turim – A seleção brasileira masculina de vôlei garantiu, ontem, sua nona vitória em 10 jogos disputados pelo Campeonato Mundial ao vencer a equipe dos Estados Unidos por 3 sets a 0 em Turim (ITA), pela última rodada da terceira e última fase da competição. As duas seleções já estavam classificadas e entraram em quadra com formações alternativas, apenas para disputar a liderança do Grupo I. A partir de agora, é pra valer. As semifinais serão disputadas hoje, dia no qual o Brasil enfrenta a Sérvia, às 12h (do horário brasileiro), enquanto Polônia x Estados Unidos definirá o outro finalista da competição a partir das 16h15.

Próximos rivais dos brasileiros, os sérvios haviam sido superados por 3 a 0 pelos poloneses na quinta-feira, mas na quarta estrearam na terceira fase com um surpreendente triunfo por 3 a 0 sobre a Itália. Ele se garantiram na semi sem ir a quadra nessa sexta, graças a vitória da Itália sobre a Polônia por 3 sets a 2, ontem – os italiano, bem como os russo, pelo grupo do Brasil, acabou eliminada no fechamento da terceira fase do Mundial.

Capitão do Brasil, Bruninho, que foi um dos poupados do confronto de ontem, elogiou a força de todo o grupo da seleção: “Nosso ponto forte é ter um time completo, contar com 14 jogadores que podem entrar e fazer a diferença. É difícil apontar um time titular ou reserva e o mais importante é que todos tenhamos ritmo de jogo. Neste sábado estarão todos voando e quem entrar em quadra vai dar o máximo. Esse é um time muito homogêneo”, enfatizou o levantador.