As ervas, plantas e flores emitem e trocam energias positivas não só com o ambiente em que se encontram, mas com as pessoas também. Por isso, são tão utilizadas em simpatias, banhos e rituais. Cada uma delas possui seus poderes e vibrações diferentes e podem ser usadas para ajudar a controlar e curar dores físicas e emocionais.

“O primeiro passo para utilizar plantas em seus rituais é saber combinar as ervas e energias certas, não basta usar qualquer planta de qualquer maneira. É preciso lembrar que o uso incorreto de qualquer planta pode causar intoxicações e efeitos colaterais sérios”, explica Kelida, mística a espiritualista.

Uma das plantas mais utilizadas para fazer benzimentos e banhos é a arruda, mas você sabe o porquê disso? A arruda já era conhecida e usada na Roma e Grécia, foi popularizada no Brasil pelos escravos na época da colonização e além de emitir vibrações de entusiasmo e prosperidade, também é utilizada para proteção, limpeza energética e banho de descarrego.

Conhecida também pelos seus poderes medicinais, a energia da arruda é super importante para abrir caminhos, levar para longe tudo aquilo que não faz bem para nossa alma. Os principais benzimentos e simpatias que utilizam o poder da arruda são para afastar olho-gordo, medo, inveja, emoções ruins, energias negativas.

O uso da arruda em chás e em outras formas de ingestão só pode ser realizado por médicos. Aprenda a utilizar a arruda em outras finalidades:

Amuleto de proteção: Coloque um galinho dentro de um pano branco virgem e carregue com você para proteção e afastamento de todas as energias ruins.

Limpeza energética: Para limpar o ambiente, coloque em um recipiente arruda com álcool e borrife pela casa.

Benzimento: Muito utilizada em benzimentos, a planta afastar maus pensamentos, energias negativas e retira mau-olhado.

Simpatia para espantar o azar: Coloque três ramos de arruda debaixo do seu colchão. Durante quinze dias, sente na cama e tome um copo de água antes de dormir. Passados esses dias, enterre os ramos de arruda em um vaso ou jardim de sua casa. Use o copo como de costume após lavar. Lave bem as mãos após o contato com a arruda, pois ela é tóxica.

Fonte: Kélida Marques