2016 922420469-201607091424107674_AFP.jpg_20160709.jpgLONDRES ? A tenista americana Serena Williams, que ganhou neste domingo o torneio de Wimbledon, em Londres, disse ser ?muito triste? o tiroteio ocorrido anteontem em Dallas, que resultou em cinco policiais mortos, além do atirador, abatido. Ela, que já perdeu uma meia-irmã baleada em Los Angeles, também manifestou preocupação pela segurança de sua família.

? Tenho sobrinhos e penso neles.Tenho que chamá-los e dizê-los: Não saiam de casa! Se eles entram em um carro, talvez seja a última vez que vou vê-los ? disse Serena, emocionada, em entrevista coletiva em Londres, onde, aos 34 anos, levantou o sétimo troféu em Wimbledon e igualou o recorde de 22 títulos da alemã Steffi Graff. ? Digo isto com grande preocupação, porque está sendo devastador. (Meus sobrinhos) São bons meninos.

A violência racial nos Estados Unidos explodiu nesta semana após dois negros terem sido mortos a tiros por policiais, nos estados da Louisiana e de Minnesota. Na quinta-feira, um negro, Micah Johnson, abriu fogo contra policiais durante um protesto em Dallas. Ele afirmou que queria ?matar brancos, especialmente policiais brancos?. Além dos mortos, sete policiais e dois civis ficaram feridos.