SÃO PAULO ? A funcionária de uma loja foi mantida refém por um homem armado com uma faca por quase três horas dentro do estabelecimento na Avenida Paulista, altura do número 650. Segundo a Polícia Militar, ele teria transtorno mentais. A negociação chegou ao fim quando a mãe do suspeito compareceu ao local, a pedido da PM.

Ele foi detido. Ainda segundo a PM, o suspeito não era ladrão, mas conhecido da vítima.

A passagem de pedestres e de carros está bloqueada no trecho em frente a loja, no sentido do Paraíso. O desvio do trânsito está sendo feito pela Avenida Joaquim Eugênio de Lima.