desordem-gloria.jpgRIO – O comércio ambulante é alvo constante de muita reclamação. Na Rua da Glória, na região central do Rio, o leitor Luiz Claudio Franco flagrou a venda de objetos velhos próximo à Avenida Augusto Severo e enviou uma foto para o WhatsApp do GLOBO (21) 99999-9110. Segundo ele, todos os dias o local é tomado por ambulantes que ocupam a calçada e atrapalham a passagem de pedestres.

? A desordem urbana atinge de maneira insuportável a Rua da Glória. O comércio de artigos usados, alguns, apenas lixo, impede a circulação e acesso aos estabelecimentos. Fiz uma reclamação ao 1746, que nos deu um prazo de 60 dias para mandar a Guarda Municipal ao local. Isto é uma piada de mau gosto ? disse o leitor.

A Guarda Municipal informou que a Rua da Glória está incluída na área de atuação da Unidade de Ordem Pública (UOP) do Catete, que está atenta às demandas da população e vem atuando no combate à desordem na região.

?A rua citada e demais no entorno contam com ações diárias da GM-Rio, realizadas em conjunto com agentes da 4ª Região Administrativa, da Comlurb, da SMDS, e também com apoio da Polícia Militar, para recolhimento dos objetos. Tratam-se de quinquilharias e lixo, como mostram as fotos em anexo, que são descartados após as ações de apreensão?, afirma a GM, acrescentando que conta com apoio da população para que denuncie esse tipo de irregularidade.acao-guarda-gloria.jpg

Fotografou? Fez um vídeo? Mande para o WhatsApp do GLOBO: (21) 99999-9110. Você também pode enviar seu material pelo formulário disponível aqui no site do GLOBO após um rápido cadastro.