As ações e atividades desenvolvidas pelo Núcleo Setorial de Academias da Acic inspiram grupos de empresários e profissionais da área de outros municípios do Estado. Eles são ligados a associações comerciais onde já existem ou nos quais núcleos de academias estão em processo de formação. O contato mais recente foi de consultora do Sebrae e nucleados da área da Associação Comercial e Empresarial de Campo Largo.

“O objetivo do diálogo foi saber como o nosso núcleo funciona e como enfrentamos os períodos mais difíceis das medidas de isolamento e restrições adotadas por conta da pandemia do coronavírus”, segundo o coordenador Elson Kurpel Duarte. Elson diz que o grupo se sente feliz em poder compartilhar experiências e contribuir com o crescimento de outras empresas, colocando em prática assim a essência do Programa Empreender.

O Núcleo Setorial da Acic elaborou, de forma técnica e cuidadosa, um plano de contingência que permitiu o retorno gradual das academias ao trabalho. “Foi uma tarefa formatada com muito esforço, empenho e rigor”, lembra o consultor Cristiano Santos. E os resultados têm sido muito bons, confirmam Elson e Cristiano. Essas e outras informações são repassadas a grupos de Aces de outras cidades e, ao mesmo tempo, ações desenvolvidas por eles são compartilhadas e também reforçam a atuação do núcleo daqui, de acordo com o consultor.

On-line

Os encontros periódicos do Núcleo de Academias da Acic ocorrem presencialmente, aos sábados, em uma das empresas integradas ao grupo. Na mais recente, a reunião foi transmitida online para pessoas ligadas à Associação de Campo Largo. “Foi uma oportunidade intensa e aprovada por todos”, conforme Cristiano.