As operações da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) contra o descumprimento das medidas de combate à covid-19 desta quarta-feira (23), em Curitiba, resultaram na interdição de sete estabelecimentos comerciais por irregularidades envolvendo jogos de azar e contrabando.

Foram abordadas 22 pessoas, sendo que seis acabaram detidas. Sete autuações administrativas foram aplicadas pelas equipes.

A ação foi conduzida por policiais militares da Capital, com apoio da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Urbanismo. As fiscalizações tiveram início por volta das 13h30 e foram até as 21h. Elas contaram com a atuação de oito viaturas e um veículo oficial municipal na formação do comboio. Dos 12 pontos fiscalizados, sete deles foram interditados pela AIFU e três encontrados fechados.

O coordenador da AIFU, capitão Ronaldo Carlos Goulart, destaca a importância das denúncias da população. “De diferentes formas, as pessoas têm contribuído com as ações da AIFU”, disse. “Nestes tempos de pandemia recebemos denúncias de festas clandestinas e de outros eventos que envolvem aglomerações. A participação das pessoas com o fornecimento de informações contribui de maneira decisiva para que as ações de fiscalização tenham maior efetividade”.

Nos estabelecimentos vistoriados as equipes apreenderam 150 maços de cigarro em situação irregular, 21 máquinas caça-níqueis, 110 cartelas de jogo do bicho, 10 máquinas deste mesmo jogo, duas impressoras, um monitor, quatro televisores e R$ 2.363,00 em dinheiro.

Foram seis Termos Circunstanciados de Infração Penal por jogos de azar lavrados e três Boletins de Ocorrência por contrabando.