Acadêmicos de Mecânica se enfrentam em corrida de carrinho de rolimã

Além de os estudantes mostrarem as habilidades na construção dos veículos, eles tiveram que testá-la também na pista

Acadêmicos do curso de Engenharia Mecânica do Centro Universitário FAG participaram da 2ª Corrida de Carrinho de Rolimã. Além da competição, os acadêmicos fabricaram os carrinhos que tiveram as seguintes exigências: peso máximo 19 quilos, até 1.200 milímetros de comprimento e 800 milímetros de largura, além de o rolamento ser convencional.

A professora Rosemar Dal Ponte coordenou o projeto que está na segunda edição. “É uma integração interdisciplinar. Eles seguiram um regulamento e nós, professores, avaliamos a criatividade, a diagramação de relatórios e a diagramação dos projetos 2D e 3D. Eu sempre digo aos meus alunos que a faculdade é muito teórica e que atividades assim fazem com que eles aprendam a trabalhar em equipe e a resolver problemas. O carrinho de rolimã é algo simples, e o engenheiro mecânico deve estar pronto para resolver desde um pequeno a um grande problema”, comenta.

O acadêmico Luiz Ziterrel, do 7º período, conta que, mesmo levando um tombo, não se importou, pois comemorou a vitória: “Nós nos divertimos bastante. E ganhamos! Apesar de ter deixado tudo pra última hora, teve muita adrenalina”, relata.

A ação contou com a participação do curso de Enfermagem, que estava com os acadêmicos a postos para os atendimentos necessários.

 



Fale com a Redação

um × três =