Uma transexual, de 26 anos, foi morta a tiros na Rua Cabo Verde, na esquina com a Avenida Leste Oeste em Londrina, no norte do Paraná, na noite de quarta-feira (30). Imagens de uma câmera de segurança registraram o crime.

Conforme o registro, divulgado pela Polícia Militar, uma caminhonete para na via, chama a transexual, que está do outro lado da rua, e quando a vítima chega perto do veículo é atingida por disparos. Depois disso, o motorista foge.

Mesmo ferida, a transexual corre para pedir ajuda e a última imagem da câmera mostra ela caindo na rua.
Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas relataram que o motorista da caminhonete preta realizou os disparos logo após chamar a transexual, não houve nenhuma conversa prévia.

Durante a fuga, a caminhonete foi localizada por uma equipe do Batalhão de Choque da PM. A polícia afirma que tentou parar o veículo, mas o motorista acelerou e seguiu sentido Ibiporã, na BR-369. Houve perseguição.

Próximo ao Ceasa, o condutor perdeu o controle da direção e bateu a caminhonete. A PM afirmou ainda que depois disso, o motorista sacou a arma de fogo e começou a atirar contra os policiais, que revidaram.

O suspeito foi atingido e morreu no local.

Os dois corpos foram levados ao Instituto Médico-Legal de Londrina.

A Polí

cia Civil está investigando o caso.

Fonte: G1 Paraná