O júri popular de Luis Henrique Torres, acusado da morte de Luiz Divino da Cruz, marcado para a tarde de terça-feira (26), foi transferido para o ano que vem com data a ser confirmada, por conta da ausência de uma das testemunhas.

O crime aconteceu no dia 16 de agosto de 2013 na casa em que a vítima morava, na Rua Engenheiro Heinz Marth, Bairro Santa Felicidade, em Cascavel. O réu está preso na Penitenciária Estadual de Piraquara II e iria participar do júri por videoconferência.