Tentativa de feminicídio vira lesão corporal

O crime aconteceu na área rural de Santa Tereza do Oeste na madrugada do dia 14 de outubro de 2018.

Jaime Borges Saldanha foi julgado ontem (8) pela tentativa de feminicídio contra Vanessa Aparecida Vasconcelos, sua ex-companheira. Os jurados desclassificaram a acusação sob a justificativa de que Jaime não tinha dolo, ou seja, intenção de matar Vanessa, mas de feri-la. Assim, ele foi condenado por lesão corporal no contexto de violência doméstica e constrangimento ilegal.

A decisão foi tomada mesmo constando nos autos do processo as informações de que Jaime teria agredido Vanessa com chutes, socos, cotoveladas e mordidas na cabeça, no rosto e no pescoço dela. Ele ainda teria dito para ela, durante a agressão, “Vou te matar!” e “De hoje você não passa”.

O crime aconteceu na área rural de Santa Tereza do Oeste na madrugada do dia 14 de outubro de 2018.

Jaime foi condenado a um ano e seis meses em regime aberto. Ele é réu primário e respondia ao processo em liberdade.

Nenhuma das partes recorreu da sentença.



Fale com a Redação

12 + dezoito =