O Superior Tribunal de Justiça Desportiva julgou os envolvidos na confusão ocorrida ao fim do jogo de volta entre Cruzeiro e Palmeiras, pela semifinal da Copa do Brasil, no Mineirão. Mayke e Diogo Barbosa, do Verdão, pegaram dois jogos, e Sassá, da Raposa, pegou seis. O clube paulista ainda foi multado em R$ 50 mil. Como o Palmeiras já está fora da Copa do Brasil, a dupla fica indisponível nas duas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. Já o Cruzeiro perdeu Sassá para o jogo de volta da final da Copa do Brasil com o Corinthians e para os próximos cinco compromissos pelo Brasileirão, a contar desde domingo, contra o Vasco.