A população de baixa renda tem direito a um kit com antena e conversor para acesso ao sinal digital nos televisores, que é repassado pelo Governo Federal. A partir do mês de novembro deste ano, aparelhos que são mais antigos somente irão funcionar por meio desse equipamento, já que não haverá sinal analógico.

Em Cascavel as pessoas que constam no Cadastro Único podem conseguir o benefício. “Nosso papel é manter atualização do Cadastro Único em dia e auxiliar as famílias para que conquistem o benefício”, ressalta o secretário de Assistência Social, Hudson Moreschi Junior.

O repasse do kit, no entanto, só é feito mediante cadastro no site www.sejadigital.com.br. “O próprio beneficiário acessa o site, informa o número do NIS [Número de Inscrição Social] e dados pessoais para agendamento da entrega do kit”, orienta o secretário.

Conforme dados do município, há aproximadamente 32 mil famílias no Cadastro Único e em situação de extrema vulnerabilidade social, ou seja, que têm renda de somente R$ 85 ao mês, são 1.500.

A Secretaria de Assistência Social não tem acesso ao número de beneficiários que já conseguiu o kit digital. “O Governo Federal não disponibiliza a informação de quantos kits foram solicitados e entregues até o momento”, afirma Junior.

Seja Digital

Conforme o portal, a lista de beneficiários é fornecida pelo Ministério do Desenvolvimento Social para que a Seja Digital informe ao público por meio de cartas e campanhas de comunicação a forma de agendamento e retirada dos equipamentos. O beneficiário pode acompanhar os trâmites pelo site ou pelo 147 com número de CPF e NIS em mãos.