A Receita Federal apreendeu mercadorias avaliadas em R$ 80 mil durante uma operação de rotina no centro de distribuição dos Correios de Foz do Iguaçu nessa terça-feira (24).

Dos volumes fiscalizados, 284 por não apresentaram comprovação de importação regular.

Nos volumes retidos, foram encontrados acessórios para celulares, essências para fumo, cigarros eletrônicos, fios cirúrgicos utilizados em procedimentos estéticos, raquetes de ‘beach-tennis’, toxina botulínica, entre outros. Os volumes seguiriam para diversas regiões do Brasil. Todas as mercadorias irregulares foram levadas para a sede da Receita Federal  para serem vistoriadas tanto de conteúdo quanto de documentação referente à postagem.

A iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, que tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.