POLICIAL

Rapaz é baleado um mês e meio após irmão

06 de junho de 2019 às 11:00
Publicidade

Robson Rossi, 30 anos, foi vítima de uma tentativa de execução na noite de ontem na esquina das Ruas Carlos de Carvalho e Belo Horizonte, no Centro de Cascavel. Robson é irmão do empresário Sandro Rossi, alvejado por mais de 20 tiros quando chegava ao comércio dele no Bairro Santa Cruz no dia 24 de abril.

De acordo com populares que presenciaram o crime, dois rapazes em uma moto atiraram contra Robson, que estava em um carro. As testemunhas contaram ter ouvido mais de 30 disparos. O carro em que a vítima estava teve diversas perfurações. Atingido, Robson perdeu o controle e bateu na moto dos criminosos – que caíram e fugiram a pé – e depois bateu em um poste de luz. A arma usada no crime e o celular de um dos autores ficaram no local. A vítima estava consciente e foi encaminhada ao HU (Hospital Universitário) de Cascavel. Não foi divulgado o número de disparos que acertaram a vítima. A ambulância foi escoltada até o hospital, pois havia risco de um novo ataque. Informações preliminares são de que ao menos um tiro atingiu a cabeça do rapaz.

Duas pessoas teriam tentado recolher o celular e alguns pertences da vítima e foram detidas sob suspeita de adulteração de cena de crime.

O irmão de Robson, Sandro Rossi, permanece internado em estado grave no HU e até agora nenhum suspeito do ataque foi preso.

A Delegacia de Homicídios diz ter feito diligências em cidades da região e que aguarda a perícia realizada no veículo usado no crime, encontrado horas depois do ataque em uma plantação às margens da BR-467. Não há informações se os dois atentados têm relação.

 

Reportagem: Cláudia Neis

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE