Queimada de lixo causa incêndio ambiental

Produtores temiam que o fogo atingisse plantações de milho prontas para serem colhidas

Um incêndio ambiental registrado em uma área rural próximo ao cemitério de Juvinópolis, distrito de Cascavel, começou quando a proprietária do local queimava lixo doméstico. A informação é do Corpo de Bombeiros de Cascavel, que atendeu a ocorrência e teve dificuldades em acessar a área por conta da geografia do local e da presença de cercas de arame que contêm o gado.

O incêndio alcançou árvores de grande porte e vegetação rasteira, mas a casa e as benfeitorias da propriedade não foram atingidas.

O fogo começou por volta do meio-dia e só foi contido por volta das 16h. Dois veículos de combate a incêndio foram até o local por conta da dificuldade de chegar até o foco.

Conforme o Corpo de Bombeiros, em determinado momento a fumaça tomou a região e dificultou a visibilidade da situação.

Produtores de áreas vizinhas foram acionados para arar a terra em volta da propriedade e impedir que o fogo chegasse até uma plantação de milho em ponto de colheita perto do local do incêndio.

Com a mudança na direção do vento, as chamas perderam força e acabaram cessando antes mesmo da ação dos bombeiros.

Ninguém ficou ferido e a princípio não houve prejuízo material.

O Corpo de Bombeiros alerta para o perigo de queimadas, especialmente em dias mais secos e de muito vento como tem sido as últimas semanas na região.

 



Fale com a Redação

catorze + 14 =