A Polícia Militar informou que irá reforçar a segurança no Bairro Portal da Foz a partir desta semana. Equipes especializadas estão sendo designadas para a região afim de garantir a segurança dos moradores, que estão acuados após onda de violência que atinge o bairro. Na madrugada desta terça-feira, 13, uma mulher foi brutalmente assassinada enquanto dormia após fazer série de denúncias nas redes sociais.

Alguns comércios não abriram as portas nesta terça. “A Polícia Militar, em razão das últimas ocorrências no Portal da Foz, está planejando ali um emprego um pouco mais contundente, dessa forma, através desse emprego do policiamento especializado, que vai atuar de forma direcionada e bastante estratégica no Portal da Foz, que nós possamos fazer com que a situação se normalize naquela região” informou o Tenente Battesini.

De acordo com o Tenente, a Polícia Militar recebeu várias reclamações de moradores que estão com medo de sair de casa com medo de represálias. A violência atinge o bairro a mais de um ano e foi intensificada nos últimos dias. No último domingo (11), um rapaz de 19 anos, morador do bairro, foi morto após tentar atirar contra os policiais. Algumas pessoas realizaram um protesto contra a morte dele na segunda-feira (12).

Diante da manifestação, uma moradora do bairro fez uma live no facebook e denunciou uma série de crimes que teriam sido cometidos pelo rapaz. Na madrugada desta terça ela foi assassinada com diversos disparos de arma de fogo enquanto dormia. A Polícia Civil informou que já tem os suspeitos, porém, para não atrapalhar a sequência das investigações, não irá se pronunciar por enquanto.
Fonte: Rádio Cultura