Foz do Iguaçu/PR – Na tarde desta terça-feira (20), policiais federais e servidores da Receita Federal prenderam em flagrante cinco pessoas pela prática de crime contra a ordem tributária.

Servidores da Receita Federal detectaram indícios de falsidade em comprovantes de pagamento de DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) apresentados para a liberação de mercadorias estrangeiras retidas na Aduana da Ponte Internacional da Amizade.

Diante disso, solicitaram o apoio de equipe da Polícia Federal para a identificação dos envolvidos na fraude.

Após a realização de diligências, cinco pessoas foram identificadas e presas em flagrante por suspeitas de envolvimento no delito.

Os indivíduos foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR para a lavratura do auto de prisão em flagrante.

Em caso de condenação, a pena para o crime poderá alcançar 5 anos de reclusão.