Na última terça-feira (13), um morador de Missal procurou a Delegacia da Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência contra um homem que teria invadido uma escola para ameaçar sua filha de apenas oito anos de idade.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o fato teria ocorrido no período da manhã, sendo que o homem teria adentrado na escola com a desculpa de conversar com um familiar, porém ao chegar na sala de aula onde estava a criança, este teria partido para cima dela e passou a fazer ameaças à mesma, sendo impedido pela professora, que se colocou entre o agressor e a criança.

Após alguns instantes a professora conseguiu retirar o homem da sala, que aparentava estar bastante alterado.

Ao tomar conhecimento dos fatos, o pai da referida criança procurou a Delegacia da Polícia Civil, onde registrou um boletim de ocorrência, e relatou que, além da sua filha, diversas outras crianças que estavam na mesma sala se sentiram ameaçadas e abaladas psicologicamente pelo fato.

A motivação das ameaças não foi relatada no referido Boletim de Ocorrência.

Fonte: Guia Medianeira