Nucria apura suposto abuso em Lindoeste

O suspeito do crime está preso

O Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente) de Cascavel abriu inquérito para apurar a suspeita de abuso sexual de uma adolescente de 12 anos em Lindoeste. São realizadas diligências e o exame de corpo de delito realizado pela vítima no IML (Instituto Médico Legal) de Cascavel ainda passa por análises. O suspeito do crime é um rapaz de 25 anos que foi preso no último domingo. Ele continua detido na Cadeia Pública de Cascavel.

O caso

O suposto abuso teria ocorrido no último domingo (19) em meio a uma mata perto da cidade de Lindoeste. De acordo com o boletim registrado pela Polícia Militar, que foi acionada para atender o caso, o pai da menina chamou a polícia e disse que a filha teve relações sexuais com um homem. A adolescente de 12 anos contou à polícia que ela e o homem são amigos e que mantiveram relações sexuais, mas que ela teria ido até ele por espontânea vontade.

Já o rapaz nega que tenha tido relações com a garota e contou que trabalhava em meio à mata e nem tinha visto a adolescente no local.

A PM trouxe o suspeito e a vítima até Cascavel. Ele foi detido e ela passou por exames. De acordo com a Polícia Civil, não há parentesco entre o dois.

Reportagem: Cláudia Neis



Fale com a Redação

16 + seis =