Munique – O Paris Saint-Germain contou com o talento de Mbappé e Neymar para derrotar o Bayern de Munique por 3 a 2 nessa quarta-feira, na Alemanha, e abrir vantagem nas quartas de final da Liga dos Campeões.

O craque brasileiro, muito criticado pela imprensa francesa por conta do destempero que causou a sua expulsão diante do Lille no fim de semana, respondeu com duas assistências, e o jovem francês foi o nome do jogo ao balançar as redes duas vezes. O zagueiro Marquinhos também marcou contra o rival alemão, que sentiu a falta do goleador Robert Lewandowski, lesionado.

Fez a diferença a favor do PSG a eficiência no ataque. O time francês, liderado por Neymar e Mbappé, entrou em campo armado para definir o jogo no contra-ataque e assim o fez, sendo mais letal que o rival alemão, que teve muito volume de jogo, amassou o adversário, especialmente na etapa final, finalizou quase 30 vezes no total, mas desperdiçou muitos gols.

Com o resultado, a equipe parisiense tem a vantagem de poder perder por até um gol de diferença no jogo de volta para se classificar às semifinais da Liga dos Campeões, enquanto o time de Munique terá de vencer por dois gols de diferença. O duelo está marcado para a próxima terça-feira, às 16h, no Parque dos Príncipes, em Paris.

Neymar recebe punição

O atacante Neymar foi punido com a suspensão por dois jogos por conta da expulsão ocorrida durante a partida entre o Paris Saint-Germain e Lille, na qual a equipe do brasileiro foi derrotada por 1 a 0, no fim de semana passado, anunciou a Liga Profissional de Futebol.

Durante o jogo, pelo Campeonato Francês, Neymar recebeu dois cartões amarelos por ter se envolvido em confusão com os jogadores do Lille duas vezes, primeiro por ter colocado a mão no rosto de Benjamin André e depois por empurrar Tiago Djalo, que também foi expulso. O brasileiro e Djalo ainda brigaram a caminho do vestiário e foram separados por seguranças.