Na noite de sábado (12), um grupo fortemente armado invadiu uma fazenda na localidade de Puentesiño, na região de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Um brasileiro, identificado como Jonas Fernando Alves, de 38 anos foi atingido por um disparo de arma de fogo no abdômen e não resistiu aos ferimentos, uma mulher de 37 anos, identificada como Elid Regina de Lima, foi atingida na cabeça e ficou em estado grave. Além disso, a esposa de Jonas estaria desaparecida e pode ter sido sequestrada pelos criminosos.

Em postagem no instagram, a irmã da mulher desaparecida pediu orações. A família reside em Foz do Iguaçu e está sem contato com ela desde a noite de sábado (12). De acordo com a irmã, a primeira informação era de que a esposa de Jonas estaria bem. No entanto, logo depois foram informados que ela estaria desaparecida. A imprensa paraguaia não informou nada sobre o desaparecimento até o momento.

O sobrinho do proprietário da fazenda informou que por volta das 19h30, um grupo de aproximadamente 8 homens, vestidos como militares, invadiram a fazenda a pé. Eles usavam armamento pesado, sendo armas longas e curtas, e efetuaram os disparos. O local onde aconteceu o ataque é uma zona de forte atuação do grupo guerrilheiro EPP (Exército do Povo Paraguaio), mas as autoridades não confirmam se o fato tem ligação com o movimento.

Fonte: Rádio Cultura