Um lar para idosos foi interditado por fiscais da prefeitura de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, por risco iminente à saúde dos moradores, segundo a gestão municipal. Cerca de 45 idosos moravam no local.

A prefeitura informou que a interdição foi determinada depois de uma vistoria feita no lar entre os dias 22 e 23 de dezembro.

A instituição terá que transferir os idosos para outros lares de repouso. A interdição é cautelar e vale por 90 dias.

Entre as irregularidades encontradas pela equipe estava equipe de trabalho insuficiente, problemas com medicações, ausência de protocolos de controle de infecções entre outros.

O lar para idosos passou por uma inspeção em novembro, quando a Vigilância Sanitária identificou algumas irregularidades e deu prazo ao estabelecimento para regularizar a situação.

Durante a nova inspeção, os fiscais perceberam que nenhuma das irregularidades encontradas tinham sido corrigidas, segundo a prefeitura.

O município disse que o lar foi autuado e pode ser interditado definitivamente após o julgamento de um processo administrativo.

A gestão do lar disse que os idosos vêm sendo bem atendidos por profissionais e considera que a retirada dos idosos nesta época do ano não poderia ter sido feita.

(G1 Paraná)