Ibiapina já se prepara para volta das corridas

Os treinos no simulador ajudam a diminuir a saudade das corridas, além de exercitar os reflexos, a necessidade biomecânica do dirigir, e o espírito competitivo do atleta.

As competições estavam a todo vapor quando a covid-19 desacelerou bruscamente o mundo. São quase 40 dias desde o último evento de kart realizado pela equipe A8 Racing, e desde então cada integrante do time Orcali procura manter o trabalho da melhor maneira possível até a volta às pistas.

Quando usar máscara de pano

Alfredinho Ibiapina, piloto da equipe, segue com as baterias de exercícios físicos em casa. Os treinos no simulador ajudam a diminuir a saudade das corridas, além de exercitar os reflexos, a necessidade biomecânica do dirigir, e o espírito competitivo do atleta.

Os preparadores Jefferson Neves e Jonas Milan, alinham minuciosamente o novo equipamento, que o piloto deve testar no retorno aos treinos práticos. O telemetrista Jeison Teixeira estuda os vídeos das últimas corridas e discute com a equipe por WhatsApp os erros e os acertos encontrados na análise. “Estamos encarando esse período como uma preparação pré-temporada. Sabemos da importância da reclusão nesse momento, e que tudo isso vai passar. Precisamos manter o foco, mas também a nossa saúde física e mental. Assim que for seguro iremos nos reencontrar e retomar as práticas do dia a dia”, declarou Alfredo Ibiapina, pai de Alfredinho.

“No sábado passado foi o meu aniversário. Recebi muitas mensagens, principalmente dos colegas do kart, que são os meus adversários no esporte. A saudade de tudo ficou ainda mais forte, e percebi como é importante ser competitivo sem deixar que as brigas dentro da pista estraguem a nossa amizade fora dela. Quem tem amigos nunca se sente sozinho. Agradeço muito o carinho de todo o mundo. Estou me preparando aqui, e daqui a pouco a gente se encontra”, comentou Alfredinho Ibiapina.


Copa Truck I

Enquanto a Stock Car definiu que a temporada 2020 será toda disputada no segundo semestre, com previsão para começar em julho, a Copa Truck segue aguardando as decisões das autoridades de saúde para elaborar um novo calendário, sempre seguindo as recomendações das Secretarias de Saúde de cada município onde as provas sejam realizadas. Os dirigentes não descartam realizar corridas a partir de junho, mesmo que seja com portões fechados.

Copa Truck II

A Copa Truck seguirá o formato de Copas e a Grande Final. As provas terão transmissões ao vivo pela TV e uma cobertura diferenciada nos canais digitais da categoria.

Fórmula 1

O Grupo Liberty Media, dona dos direitos comerciais da Fórmula 1, realizou uma bilionária transação e vendeu 33% das ações de sua participação na empresa Live Nation, conglomerado global de entretenimento, para a empresa Sirius XM. Com o negócio, a Liberty levantou US$ 1,4 bilhão (R$ 7,6 bilhões) e adiantou pagamentos às equipes, garantindo saúde financeira às equipes, principalmente as pequenas. Com o cancelamento das corridas, as equipes estão sem renda. A expectativa é de que a temporada comece em junho, na França.

Ayrton Senna

A pandemia do coronavírus parou o esporte em todo o mundo e as emissoras de TV ficaram sem um dos produtos de maior audiência. A Rede Globo tem conseguido bons índices de audiência com a transmissão de eventos históricos (reprises na íntegra) e acaba de confirmar que no dia 3 de maio irá mostrar o GP do Japão de Fórmula 1 de 1988. A prova é uma das mais lembradas da história porque a corrida disputada em Suzuka foi vencida pelo brasileiro Ayrton Senna, marcando a conquista do primeiro dos seus três títulos mundiais.

 

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

3 + dezoito =